Borboleta

O origami de hoje é uma mariposa – borboleta em espanhol – que apareceu no livro “Creative Origami” do origamista Kunihiko Kasahara. Pela figura, vocês podem ver que utilizando-se um papel colorido, o modelo fica muito mais parecido com uma.

Quando utilizamos papéis que possuem algum padrão, ou mesmo desenhos, o origami pode ser mais valorizado podendo até alterar a figura final, como foi neste caso. Eu gosto de utilizar restos de papéis de presente ou mesmo procurar nas lojas, logo após o Natal quando elas estão fartas de papéis de presente, onde é possível encontrar uma variedade grande de padrões e por um preço mais barato.

Veja na galeria deste blog, lá no álbum do flickr Origami Kawakami, as figuras em que utilizei o papel de presente, principalmente o pavão e o dromedário, onde o papel fez toda a diferença no acabamento final.

Mariposa ou Borboleta?

Clique em +1 para baixar o diagrama do Origami Borboleta!

Comente Aqui

  • Facebook
  • Google Plus
  • WordPress
18 Comentários
  1. MARCELA
    28 fevereiro 2007 | Responder
  2. 28 fevereiro 2007 | Responder
  3. geraldo daniel
    28 fevereiro 2007 | Responder
  4. 28 fevereiro 2007 | Responder
  5. Joana
    28 fevereiro 2007 | Responder
  6. 28 fevereiro 2007 | Responder
  7. kamila
    28 fevereiro 2007 | Responder
  8. 28 fevereiro 2007 | Responder
  9. Raísa Eveline
    28 fevereiro 2007 | Responder
  10. 28 fevereiro 2007 | Responder
  11. André M
    28 fevereiro 2007 | Responder
  12. 28 fevereiro 2007 | Responder
  13. Thayne
    28 fevereiro 2007 | Responder
  14. 28 fevereiro 2007 | Responder
  15. Ana
    28 fevereiro 2007 | Responder
  16. Cássia
    28 fevereiro 2007 | Responder
  17. alan souza
    28 fevereiro 2007 | Responder
  18. Angela
    28 fevereiro 2007 | Responder

Escreva um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia o post anterior:
Glifos Série Fringe
Origami no Seriado Fringe

Você já assistiu o seriado Fringe? Para quem gosta de ficção científica, é um prato cheio. Eu diria até que...

Fechar