Origami: Ciência, Arte e Desafio

Normalmente quando algum leigo fala sobre origami, sempre vem a idéia de que dobrar papel é coisa de criança. Mal sabem que as técnicas das dobraduras estão evoluídas o suficiente para que se faça muito mais que barquinho ou tsuru.

Para vocês terem uma idéia, neste texto coloco 3 origamistas que considero sensacionais:

Robert J. Lang – físico que estudou e aplicou os princípios matemáticos no origami e desenvolveu o software livre chamado Treemaker para a criação de mapas de dobras.


Veja a palestra de Robert J. Lang

Eric Joisel – artista plástico que colocou o origami num patamar de arte nunca antes alcançada.


Vídeo sobre Eric Joisel

Satoshi Kamiya – um origamista nato. Dobra seus modelos desde os 6 anos de idade e é um dos origamistas mais criativos da técnica purista, técnica esta que utiliza APENAS um quadrado de papel, sem utilizar cola, tesoura ou água.


Satoshi Kamiya e seus origamis

Depois dessa introdução, tenho o prazer de dizer que o grupo Origami Beagá está para completar o seu 1º ano de existência com reuniões quinzenais e com uma exposição em seu currículo.

Se você é de Minas Gerais e queira participar das reuniões presenciais deste grupo, basta preencher o formulário de contato do Grupo Origami Beagá informando de onde você é, que tipo de origami gosta de dobrar e porque quer participar do grupo.


Del.icio.us : , ,

Comente Aqui

  • Facebook
  • Google Plus
  • WordPress
2 Comentários
  1. 2 agosto 2008 | Responder
  2. 2 agosto 2008 | Responder

Escreva um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia o post anterior:
Glifos Série Fringe
Origami no Seriado Fringe

Você já assistiu o seriado Fringe? Para quem gosta de ficção científica, é um prato cheio. Eu diria até que...

Fechar