Vamos Fazer Origami com Wet Folding?

Você já pensou em utilizar papel úmido para fazer seus origamis? Se você não entendeu a razão para isto, leia o texto a seguir onde eu traduzi o texto Who’s afraid of wet-folding? do site Gilad’s Origami Page (Thanks to Gilad Aharoni for his permission.).

Quem tem medo do Wet Folding?

Wet Folding é uma técnica introduzida pelo mestre origamista Akira Yoshizawa – veja um exemplo do cisne de Yoshizawa sendo dobrada por ele mesmo – envolvendo papéis grossos umedecidos de modo a fazê-los mais maleáveis e criar modelos mais vivos.

Por que utilizar esta técnica?

Utilizar o Wet Folding significa a diferença entre um origami que resulta assim:

Origami dobrado seco

e outro que com a técnica resulta assim:

Origami com a técnica da dobra úmida

Ambos são o mesmo modelo: Little Terrier de Francisco Javier Caboblanco.
O papel de origami é fino, duro e de difícil moldagem. Além disso, com o tempo tende a abrir e desfazer as formas. Papéis mais grossos, depois de úmidos, podem ser facilmente modelados de modo a criar modelos tridimensionais mais belos, os quais, depois de secos mantêm sua forma por anos.

Em quais origamis posso usar esta técnica?

Os melhores origamis para esta técnica são os mais simples. Como estamos usando um papel grosso, não queremos ter várias camadas de papel nas dobras. Obviamente, o wet-folding se apresenta melhor ao dobrar animais já que há várias curvas e detalhes para colocar nos modelos.

Aberdeen de Eric Joisel

Do que eu preciso?

Não muito. Uma garrafa spray com água, um pano para ajudar a espalhar a água uniformemente, e uma folha de papel grossa.

Qual o melhor papel para esta técnica?

Há vários tipos de papéis grossos no mercado. Vá a uma papelaria e veja o que você encontra. Papéis de 90 a 160 g/m² de gramatura como o Fabriano e Canson são a minha preferência. Quanto mais simples o modelo, mais grosso o papel. O melhor modo de encontrar o papel adequado é testando vários tipos.

Preparação

Já que o papel altera suas dimensões devido à expansão das fibras, é melhor umedecer todo o papel antes cortar o quadrado.

Umedecendo o Papel

Na realidade não temos que molhar o papel, mas apenas umedecê-lo levemente. Lance um spray fino a uma distância de 30 centímetros do papel. Passe o pano para umedecer o papel uniformemente e repita rapidamente do outro lado, antes que a folha se curve. O papel não deve estar encharcado! Mas levemente úmido. A resistência que o papel oferecerá neste momento será semelhante a um pedaço de couro. Agora corte o seu quadrado.

Dobrando o Origami

Dobre o seu modelo como de costume, exceto por um detalhe. Normalmente quando dobramos, utilizamos a unha para fixar as dobras. No wet-folding não fazemos isto. Ao invés disto usamos as pontas dos dedos. Após algumas dobras, tente dobrar no ar, sem se apoiar na mesa.
Se você sentir que o papel está secando e endurecendo durante as dobras, use o pano ou o spray e umedeça um pouco. Tenha a atenção para não exagerar.
Enquanto dobra, vá pensando em como quer que o seu modelo fique no final. Dê atenção especial às costas do animal, pois você não quer nenhuma dobra reta por aqui.

Finalizando o Origami

Aqui é que a técnica mostra todo o seu brilho. Depois de dobrar o último passo do diagrama é que a brincadeira começa. Pense no animal que quer criar e molde o papel para gerar as curvas tridimensionais, criar uma expressão facial, enrolar a cauda e adicionar pequenos detalhes finos que farão a diferença. Novamente, se o papel começar a secar, umedeça-o novamente.
Às vezes, quando há muitas camadas de papel no modelo, ele irá afrouxar e abrir enquanto seca. Para prevenir isto, use pregadores de roupa, clipes e mesmo elásticos para manter o modelo na forma desejada enquanto ele seca e mesmo dar um último spray em todo o modelo antes de começar a secar.
Após algumas horas, retire tudo e o modelo permanecerá em sua forma sozinho.

Moldando o Origami Moldando o Origami 2
Moldando o Origami 4 Moldando o Origami 4
Origami Preso com Elástico

Clique em +1 para fazer o Download do Diagrama do Little Terrier!

Sugestão de Prática

Um modelo excelente para a técnica do wet-folding é o “Ranoshi” de David Derudas.

Clique em +1 para fazer o Download do Diagrama do Ranoshi!

Comente Aqui

  • Facebook
  • Google Plus
  • WordPress
20 Comentários
  1. \-\ique
    21 março 2008 | Responder
  2. 21 março 2008 | Responder
  3. Henrique mezzomo Malheiros
    21 março 2008 | Responder
  4. 21 março 2008 | Responder
  5. 21 março 2008 | Responder
  6. 21 março 2008 | Responder
  7. 21 março 2008 | Responder
  8. 21 março 2008 | Responder
  9. André miranda
    21 março 2008 | Responder
  10. Carol
    21 março 2008 | Responder
  11. 21 março 2008 | Responder
  12. 21 março 2008 | Responder
    • gisele
      21 março 2008 | Responder
  13. Daniel
    21 março 2008 | Responder
  14. Elias
    21 março 2008 | Responder
    • 21 março 2008 | Responder
    • julia
      21 março 2008 | Responder
  15. felipe
    21 março 2008 | Responder
  16. 21 março 2008 | Responder

Escreva um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia o post anterior:
Glifos Série Fringe
Origami no Seriado Fringe

Você já assistiu o seriado Fringe? Para quem gosta de ficção científica, é um prato cheio. Eu diria até que...

Fechar